17 julho 2017

Contrução de Palavras - Letra M


Para encerrar nosso trabalho de construção de palavras, gosto de usar as fichas abaixo.
Aqui a criança deve, literalmente, construir. Usando as letras móveis, ela deve refletir sobre a posição que cada letra vai ocupar para corresponder à sequência de sons de cada palavra.

A ficha 1 tem grau de dificuldade mais leve que a ficha 2, pois  todas as palavras são dissílabas de sílabas simples. 
Antes que a criança cole as letras ela avalia seu trabalho com a ficha de controle do erro (termo cunhado por Maria Montessori). Esta ficha só deve ser usada após toda a primeira e segunda fichas estarem completas. Feito os ajustes e correções (pela própria criança) ela pode começar a colar as letrinhas nas posições corretas. 

Em seguida, finalizando a atividade, a criança vai escrever as palavras construídas numa espécie de autoditado. 

Além de contribuir no processo de alfabetização, estas fichas desenvolvem a autonomia da criança, que não fica sempre dependente de uma avaliação externa sobre seu próprio trabalho!

alfabeto móvel

alfabeto móvel

letra M


alfabeto móvel

Orientação Teórica: Construtivismo 

Orientação Metodológica: Método Montessori


09 julho 2017

Brincando com as palavras - Letra M

Um jeito de aprender sem sofrimentos é brincando!
Caça-palavras e cruzadinhas são ferramentas lúdicas e alcançam resultados positivos!
Ambas com banco de palavras para ajudar no processo. Porque nosso objetivo passa pelo reconhecimento das palavras.
Se a criança estiver bem atenta vai perceber que as palavras do caça-palavras estão bem ao lado de suas imagens! (não fale nada, deixe-a notar!)
E isso é interessante notar. Não é facilitar, não é das respostas é dar pistas, tornar a criança mais observadora!



03 julho 2017

Ditado recortado - Letra M

Essas atividades, já tradicionais aqui no blog, são muito atraentes e garantem motivação!

Os alunos adora recortar e colar e nem percebem que estão aprendendo um monte de habilidades ao mesmo tempo. 

Atividades assim são descontraídas e um ótimo momento para deixar as crianças interagirem e ajudarem-se umas às outras!
Crie um clima agradável de aprendizagem, ludicidade e cooperação em sua sala de aula! 

Depois me conte como foi! 
Abraços e boa aula!


Ei, lembre-se que fica bem mais fácil acompanhar nossas novidades e atualizações pela nossa página no face!  Clique na imagem para ser encaminhado para nossa página:



27 junho 2017

Construção de palavras - Letra M

Como estou atrasando muito nas postagens resolvi trazer 3 atividades em um post só! ;)

Todas trabalham a construção de palavras. Contudo, cada uma com um grau de dificuldade.

Na primeira atividade a criança não precisa refletir sobre quais letras terá que usar para escrever. Seu trabalho consiste em organizar as letras e "montar" palavra.

A segunda atividade trabalha tanto a identificação de vogais faltosas como as consoantes.
Esta é uma ficha interessante para a intervenção de crianças em fase silábica com valor sonoro. As crianças são estimuladas a perceber que algo está faltando ali! 

A terceira exige, que além de escreverem a palavra, saibam separá-la em sílabas. Contudo, existe um facilitador no processo: os quadrinho para cada sílaba! Assim ela sabe quantas sílabas tem cada palavra.

Espero estar ajudando seu trabalho por aí! 
Boa aula! 


26 junho 2017

Reconhecimento de Palavras - Letra M 2

Continuando com atividades de reconhecimento de palavras.

O objetivo é o mesmo, mas a abordagem muda um pouco. 
Na primeira atividade a criança precisa, além de reconhecer, transcrever a palavras. Enquanto na segunda atividade ela precisa apenas reconhecer e ligar.

Atividades assim semelhantes servem ao treino. 
Não confundir treino com tornar a leitura e escrita com algo mecânico.
Lembrem-se: para o aperfeiçoamento em qualquer atividade exige prática. Com a leitura e escrita não é diferente!



13 junho 2017

Reconhecimento de Palavras - Letra M

Vamos agora para o reconhecimento de palavras com o foco na letra M.

Nas atividades abaixo a criança usa a técnica da eliminação. Ela tem umas palavras e umas imagens, então, como ainda não domina com fluidez a língua, precisará usar a lógica para relacionar as palavras às imagens. 

Você pode pode pensar que então ela não está aprendendo a ler, já que está apenas levantando hipóteses e fazendo conexões... E eu pergunto: O que é aprender se não levantar hipóteses e fazer conexões?


Imagens 



07 junho 2017

Família Silábica M - 3

Toda a aprendizagem segue o caminho que parte do concreto rumo ao abstrato.
Esse concreto não se trata apenas do que seja sensorial, mas que seja algo que seja real, faça parte do contexto da criança. Por exemplo, ao trabalhar o fonema M, você pode construir uma lista de palavras que comecem com M que façam parte da realidade do seu grupo. Num cartaz uma letra M bem grande e você faz o som do M, pergunta: O que podemos escrever com mmmmmm?
E vai anotando. Essas palavras são concretas porque fazem sentido para a criança. 

A primeira atividade trabalha o som da sílaba inicial. As crianças preenchem o que está faltando e, para fixar a escrita, copiam a palavra inteira.

A segunda atividade já é mais abstrata, não usa imagens como suporte, a criança tem que trabalhar apenas com as palavras e suas semelhanças.




06 junho 2017

Família Silábica M


Vamos praticar o reconhecimento e a relação dos sons iniciais com as imagens.

É importante a criança conseguir fazer a atividade sem muito auxílio. Ela precisa se sentir capaz de realizar a atividade! E este é um tipo de exercício em que ela "bate o olho" e compreende o objetivo. Isso estimula a autoeducação!

Ambas seguem o mesmo objetivo. Contudo com diferentes graus de dificuldade. 
A primeira é mais simples poque ela pode partir de qualquer imagem e encontrar o a sílaba correspondente.

A segunda exige que ela consiga ler a sílaba e então procurar as imagens correspondentes.





05 junho 2017

Atividades Silábicas - M

Acho que já estamos preparados para juntar a letra M em sua família silábica!

Primeiro uma atividade de junção da consoante às vogais. Eu acredito que esta seja uma atividade, antes de  tudo, de lógica! É uma soma fonética. 

No Método Montessori as crianças desde os 3 aninhos fazem o som das letras (lentamente) e juntam com as vogais e formam palavrinhas. A aquisição e compreensão da leitura e escrita acontece de uma forma tão natural... Ela vai desabrochando para as letras e sons.

Se você se interessar pelo assunto clique aqui e assista a todo o programa de letramento em Montessori. Está em Inglês, mas as imagens falam por si!

Abaixo um jogo da memória das sílabas. Pode ser usado como cards de reconhecimento, também!
Imprima em papel durinho (180g) e plastifique ou passe contact para maior durabilidade!

Esta diferenciação nas cores - consoante azul e vogal vermelha- é uma orientação do Método Montessori. 

Espero que aproveitem por aí!
Boa aula.


04 junho 2017

Fontes

Olá, pessoal.
Sempre que preparo as fichas de atividades gosto de pensar uma série de coisas. O objetivo é o norte para a criação. E para alcançá-lo eu busco recursos. Penso em qual a melhor abordagem metodológica; qual conteúdo vou trabalhar; como atrair a atenção e motivação...

Este último item tem a ver com o projeto visual. E pensar no design da atividade é fundamental: as cores; como aproveitar melhor o espaço; que tipo de imagens; as fontes...

E é sobre este último que vim falar com vocês. Muitos leitores se identificam com as fontes ou tipografia que utilizo nas atividades postadas aqui no blog. Pensando nisso resolvi fazer esse post para entregar a vocês as ferramentas e recursos de criação para que vocês também possam criar atividades personalizadas para seus alunos ou filhos.

Clique nas frases para ser encaminhado para o link de download das fontes.

Esta é a fonte básica. Uso em cabeçalhos e enunciados de atividades.

Delius-regular

Esta uso para deixar as atividades mais lúdicas.

Janda Manatee

Esta fonte é muito útil para atividades de alfabetização para que a criança reconheça e copie seus traços.

Mamãe que nos faz
Esta fonte fica legal em títulos e banners. Dá destaque e lembra quadro negro.
KG Second Chances
Esta fonte é uma variação da Janda Manatee e também dá um aspecto lúdico, porém menos infantil.

Janda Closer To Free
Esta é uma fonte delicada e adornada. Uso em poucos momentos, apenas em títulos ou em atividades em artes como recadinhos carinhosos.
Rose
A escolha da fonte deve ser pensada para não se tornar trabalhosa a leitura e a compreensão. Fontes muito grosseiras ou muito adornadas devem ser evitadas ou utilizadas pontualmente. Não misture mais de 3 fontes numa atividade para não sobrecarregar o visual.

Instalação: 
  1. Baixe as fontes;
  2. Vá na pasta em que foram salvas;
  3. Clique com o botão direito do mouse para extrair os arquivo em uma pasta (EXTRAIR PARA...);
  4. Vá para a pasta em que o arquivo foi extraído;
  5. Clique com o botão direito do mouse no arquivo de instalação de fonte e selecione INSTALAR. <OU> Abra o arquivo de instalação e clique no botão instalar.
Dica:  Procure deixar todas os arquivos de fontes numa só pasta para ficar mais organizado.


Bom trabalho!